Ipê Branco – Tabebuia avellanedae

Ipê Branco – Tabebuia avellanedae

Ipê Branco – Tabebuia avellanedae

In stock

CATEGORIA

Descrição

Ipê Branco – Tabebuia avellanedae

O que pouca gente sabe é que essa espécie apresenta uma variação muito rara que produz flores na coloração branca.

Ficamos conhecendo essa variedade através do saudoso Dr. Hermes Moreira de Souza, antigo responsável pelo setor de Plantas Ornamentais do Instituto Agronômico de Campinas, na oportunidade ele nos trouxe alguns galhos (garfos) para enxertar e nos incumbiu de preservar essa rara variação que só se manteria as características da planta através de propagação vegetativa.

Fizemos alguns enxertos desse ipê classificado por ele como Tabebuia avellanedae “Alba” e as poucas mudas que pegaram nós dividimos, as nossas foram plantadas aqui na Fazenda Citra em Limeira como matrizes para futuro fornecimento de material vegetativo para novas enxertias.  Atualmente já com matrizes bem desenvolvidas iniciamos a enxertia de mudas em maior quantidade e os exemplares obtidos estamos fornecendo para os interessados em plantas raras e diferentes, a enxertia vem sendo feita sobre o porta-enxerto Tabebuia avellanedae (roxo).  Entre julho e agosto é possível observar um exemplar florescendo logo na entrada da fazenda, além da vistosa florada branca produzida pela árvore outro fator que chama a atenção é o período prolongado do florescimento que se estende de 30 a 40 dias ao contrário do tradicional Ipê-Branco (Tabebuia roseo-alba) cujas flores caem entre 3 a 5 dias.

Observando os detalhes das flores notamos que a corola da flor dessa nova variedade apresenta coloração amarela e as da espécie branca tradicional são rosadas do lado externo. Essa árvore é considerada de porte grande com tamanho variando entre 20 a 30 metros e deve ser plantada em grandes jardins, parques, alamedas, preferencialmente afastada de construções.

ma característica importante do Ipê e que ele atrai abelhas e pássaros, principalmente o beija-flor, agentes fundamentais na polinização da flora. Os ipês pertencem à família das Bignoniáceas. Seu nome é de origem tupi, que significa árvore cascuda, e é o nome popular usado para designar um grupo de nove ou dez espécies de árvores com características semelhantes de flores brancas, amarelas, rosas, roxas ou lilás.

O plantio da espécie tem sido feito para aproveitamento de arborização de praças e em outros lugares públicos, além de preencher margens de ruas e estradas.

A madeira do Ipê é muito utilizada nas construções, desde muitos séculos atrás. Sua flor além de exuberante é utilizada na culinária, pois ela é comestível. São consumidas as pétalas, depois de retirado o cálice em receitas de refogados, empanadas e saladas cruas. A espécie alcança de 7 a 16 metros de altura, tem casca suberosa e superficialmente fissurada. Suas folhas são tri folioladas. Floresce principalmente durante os meses de agosto-outubro com a planta totalmente despida de folhagem. Os frutos começam a amadurecer a partir do mês de outubro.

O Ipê tem propriedades medicinais, através do chá da casca o ipê é usado também no alívio das dores musculares, nos problemas menstruais e ginecológicos, no mal de Parkinson, no controle da diabetes e no combate à anemia.

De forma geral os ipês ocorrem principalmente em florestas tropicais, mas também podem aparecem de forma exuberante no Cerrado e na Caatinga. Não é uma espécie para áreas com geadas, apesar de tolerar temperaturas baixas.

A muda de Ipê adquirida em nosso site floresce de 2 a 4 anos após o plantio. Muda formada por semente.

O ideal é que o ipê seja cultivado sob luz filtrada. Prefere solos argilosos, profundos, úmidos e bem drenados. É uma planta de fácil cultivo que pode dividir uma área com outras espécies plantadas. As adubações para os ipês podem ser realizadas com compostos orgânicos. É necessário realizar as podas no inverno. Faça a limpeza para evitar nós entre os galhos e o surgimento de brotos no tronco, cujo desenvolvimento concorre com o crescimento da planta. Aplicação de podas de condução é boa para manter a árvore com porte menor.

Luz: Pleno sol

Solos: Descompactados e ricos em matéria orgânica.

Origem: Brasil

Mudas: Preço sob orçamento

Reviews

Sem avaliações


Seja o primeiro a dar uma opinião

Você acabou de adicionar este produto ao carrinho: